Clique aqui para acessar o site da Revista Mineração.

 

NOTÍCIAS
Folha Vale do Paraopeba

Lenine se apresenta junto com a Orquestra Sinfônica de Minas Gerais no Inhotim

No próximo sábado, 13, às 15h30, o Instituto Inhotim receberá a série Sinfônica Pop, com a Orquestra Sinfônica de Minas e o cantor Lenine. O artista que irá se apresentar pela primeira vez no museu, apresentará canções de vários discos com arranjos trabalhados especialmente para o universo sinfônico. O show será num espaço montado aos pés da árvore Tamboril, na área central do jardim do Instituto. A apresentação faz parte do projeto  Inhotim em Cena. E entrevista à Folha Vale do Paraopeba, Lenine falou sobre a expectativa de se apresentar pela primeira vez no Inhotim,  particularidades sobre o processo coletivo em sua carreira musical e até de sua intenção de voto para a Presidência da República.

Folha Vale do Paraopeba: Lenine como está a expectativa para a apresentação no Inhotim no próximo sábado?

Lenine: A expectativa para o show é a melhor. Eu me sinto honrado por ter o meu trabalho associado a um espaço que tem relação com a contemporaneidade da arte.

FVP: E quanto à apresentação com a orquestra mineira?

Lenine: Eu já toquei com várias orquestras sinfônicas e essa a primeira vez que vou tocar com a orquestra sinfônica de Minas Gerais.

FVP: Qual o papel do coletivo neste trabalho?

Lenine: O interessante de tocar com a orquestra é que há possibilidade de executar uma canção com arranjos especiais e adequados aquele formato, mas com o exercício de coletividade. Quando estamos compondo uma música, mesmo com duas cabeças pensando, é um momento solitário. Mas ao tocar, é possível fazer da música um exercício solidário, que dá uma longevidade a canção também.

FVP: Essa sua visão tem a ver com a experimentação musical?

Lenine: Eu gosto de experimentar outros formatos, mas essa não é uma condição fundamental para se trabalhar com música. Mas eu gosto, e prefiro acreditar que eu estou levando um pouco além.

FVP: O que o teu público pode esperar da apresentação sábado?

Lenine: Parte significativa de alguns dos meus discos já foi adaptada para o universo sinfônico. No show, a gente vai ouvir um pouco de cada disco que fiz com esses novos arranjos. Nós queremos a canção com vários formatos, queremos que ela vista várias roupas”.

FVP: Para finalizar, estamos passando por um momento importante para o país. As eleições têm trazido à tona questões variadas que são fundamentais ao futuro do Brasil. Nesse sentido, você já tem um candidato à Presidência?

Lenina: Na última eleição eu fui de Marina. E vou de novo. O encontro do Eduardo, que também é do meu estado e na Marina, por causa de uma grande ironia histórica. Primeiro porque o partido Rede não pode ser oficializado, depois por um encontro quase paradoxal do Eduardo do PSB com o não partido da Rede ainda, mas da Marina. Então teve uma conjugação história muito interessante que me agradou.

Serviço
Série Sinfônica Pop
Data: 13 de setembro
Horário: 15h30
Onde: Instituto Inhotim - Rua B, 20 - Zona Rural, Brumadinho / MG

Entrada no Instituto: R$ 30 aos sábados e domingos (Meia-entrada para estudantes e maiores de 60 anos). Crianças de até cinco anos não pagam. 

Fonte: A redação

Outras Notícias

PUBLICIDADE