Clique aqui para acessar o site da Revista Mineração.

 

NOTÍCIAS
Folha Vale do Paraopeba

Prefeitura de Brumadinho implanta Projeto Lagoa Viva

Projeto Lagoa Viva foi oficialmente lançado na comunidade do Aranha. A iniciativa da prefeitura municipal foi implantada no último dia 25 e pretende recuperar açudes e lagoas de propriedades rurais de Brumadinho.  

De acordo com a prefeitura, um diagnóstico preliminar foi feito e constatou-se que 800 açudes da cidade necessitam de recuperação. Ainda segundo o governo, o município realiza a limpeza e o desassoreamento dos açudes por meio das secretarias de Meio Ambiente e Agricultura, em parceria com o Instituto Mineiro de Gestão de Águas (IGAM).

A Secretaria de Meio Ambiente será responsável pelo cadastramento, limpeza e orientações técnicas das lagoas e açudes com até 5 mil metros cúbicos de água e por passar as informações para o IGAM, que deverá expedir os Certificados de Cadastramento.

Segundo o prefeito Antônio Brandão (PSDB), o projeto é pioneiro e servirá de exemplo para outros municípios do país. O chefe do executivo falou também da importância da iniciativa e reforçou o apoio da prefeitura aos produtores rurais.

O “Lagoa Viva” conta com apoio do Consórcio Intermunicipal da Bacia Hidrográfico do Rio Paraopeba (Cibapar) e da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-Mg), além de empresas como a Green Metals Soluções Ambientais, responsáveis por custear as máquinas para a realização dos trabalhos.

Para participar do projeto, os proprietários rurais devem se inscrever na Secretária Municipal de Meio Ambiente, localizada na Rua José da Silva Fernandes, nº 105, bairro Lourdes. Mais informações pelo telefone: 3571-3545

Produtores Rurais ganham caminhão da Asprub

O lançamento do projeto contou ainda com entrega do caminhão baú semi refrigerado aos produtores rurais do município, pela Associação dos Produtores Rurais de Brumadinho (Asprub). O veículo foi adquirido com verba própria da associação e será usado para transporte dos produtos. Segundo a prefeitura, a cidade ficará responsável por custear o motorista e pela manutenção do veículo.  

Fonte: Folha Vale do Paraopeba

Outras Notícias

PUBLICIDADE