Clique aqui para acessar o site da Revista Mineração.

 

NOTÍCIAS
Folha Vale do Paraopeba

Obras garantidas por parcerias entre governos devem ser finalizadas 

Construções do Batalhão da PM e de unidades básicas de saúde ainda não foram prejudicadas pelo resultado das eleições

A mudança no Governo de Minas Gerais e a indecisão quanto ao comando da Presidência da República ainda não interferiram em obras importantes para Betim, realizadas por meio de parcerias entre os governos municipal, estadual e federal. As obras do 33º Batalhão da Polícia Militar, custeadas com recursos estaduais, e das 29 Unidades de Atendimento Primário à Saúde (Uaps), garantidas por meio da parceria entre os três governos, seguem em andamento, mas estão previstas para serem entregues apenas em 2015, o que não impede que na troca de comandos, as parcerias sejam paralisadas.

De acordo com o Governo de Minas, atualmente sob a responsabilidade de Alberto Pinto Coelho (PP), serão investidos mais de R$ 17 milhões para realização das UAPs, em contrapartida, a prefeitura investirá R$ 650 mil e ficará responsável pela execução das obras.  O governo estadual ressaltou ainda que o prazo para conclusão das unidades é até dezembro de 2015 e que o último monitoramento feito pela Secretária de Estado de Saúde (SES) aponta que as obras estão em fase de licitação. Segundo a prefeitura, os terrenos destinados à construção das UAPs foram entregues e a documentação administrativa, necessária para dar andamento ao processo, já foi feita. Nenhuma unidade ficou pronta após dez meses do anúncio da parceria entre as três esferas de governo.

Quanto à construção da sede 33º Batalhão da PM, iniciada em março, a previsão para a entrega é julho de 2015. De acordo com o Governo de Minas, foram investidos R$ 5,5 milhões para realização das obras, que até o fechamento desta edição contava com os forros da primeira laje da parte dos fundos do prédio principal, os pilares do primeiro pavimento e as redes de drenagem finalizadas. 

UBS Bandeirinhas e Dom Bosco em atraso

As Unidades Básicas de Saúde (UBS) Dom Bosco e Bandeirinhas, previstas para serem entregues até o final deste ano, não ficarão prontas dentro do prazo. Segundo a prefeitura, a fase estrutural dos empreendimentos realizados com investimentos dela  e do Governo Federal deverá ficar pronta apenas em 2015. 

Ainda de acordo com o governo municipal, a estrutura da UBS Dom Bosco deverá ser finalizada apenas em fevereiro de 2015. A obra demandou investimento de R$ 1.259.358,18 por parte do município, e R$ 515.360,95 da União. A UBS Bandeirinhas está prevista para ser entregue ainda no primeiro semestre do ano que vem, e foram investidos recursos municipais da ordem de R$ 1.870.233,13; e federais, R$ 400 mil. A prefeitura informou ainda que a obra da UBS Bandeirinhas foi paralisada devido ao reajuste nos valores por parte da empresa, previsto no contrato, o que desencadeou a abertura de um novo processo licitatório.

UPA Norte segue fechada

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Norte segue fechada no bairro Bom Retiro. Segundo a prefeitura, as obras externas foram concluídas, mas uma segunda etapa precisa ser finalizada para que o equipamento seja, de fato, entregue à população. Para isso, será necessário adquirir mobiliário e equipamentos; instalar rede hidráulica, entre outras intervenções. O governo municipal afirma ter aberto o processo licitatório para resolver as deficiências.

Em nota, a Prefeitura de Betim disse que a UPA Norte ainda não foi inaugurada devido a uma série de irregularidades constatadas na obra, “inclusive pelo próprio Ministério da Saúde”. Ao assumir a administração municipal, a atual gestão teria iniciado o processo de correção e readequação da unidade e, mesmo quase dois anos depois, não teria conseguido colocar a unidade em pleno funcionamento.

Os moradores da região norte continuarão a recorrer às Unidades Básicas de Saúde dos bairros Angola e Homero Gil, e à Unidade de Atendimento Imediato (UAI) Sete de Setembro.

Fonte: A redação

Outras Notícias

PUBLICIDADE