Clique aqui para acessar o site da Revista Mineração.

 

NOTÍCIAS
Folha Vale do Paraopeba

IFMG no bairro São Caetano só deve ser inaugurado no ano que vem

 

Ainda não há previsão de quando o câmpus São Caetano do Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG) será inaugurado. O espaço para a educação profissionalizante, realizada por meio de cursos técnicos e de graduação, presenciais e a distância, tem apenas a unidade no bairro Arquipélago Verde para capacitar os alunos em Betim.

A assessoria de imprensa do IFMG disse que as obras seguem com o cronograma de obras previsto, que deve ser encerrado no final de 2015, e as aulas devem ser iniciadas no novo câmpus no começo de 2016. Em dezembro do ano passado, a Folha Vale do Paraopeba fez uma reportagem sobre as unidades do Instituto na cidade e, na época, a informação divulgada era que seria necessário fazer uma cobertura para ligar os prédios da unidade no bairro São Caetano, cobertura está que não estava no projeto, pois o mesmo não foi realizado de acordo com a topografia da região. Em seis meses, as obras pouco avançaram.

Há um ano e meio o IFMG Betim abriu vagas para os cursos de graduação em Engenharia de Controle e Automação e Engenharia Mecânica. Desde então, apenas uma turma de casa teria sido fechada na unidade do Arquipélago Verde. A pouca divulgação atrapalhou a procura pelas vagas do ensino superior gratuito, inédito na cidade.

A assessoria de imprensa do IFMG disse ainda que até o último dia 29, estavam sendo ofertadas vagas para nível técnico, e que as turmas de nível superior foram preenchidas no primeiro semestre e as aulas seguem em andamento normalmente.

O IFMG encerrou as inscrições para o vestibular e para o exame de seleção para o segundo semestre.  Ao todo, foram oferecidas mais de mil vagas em todo o estado. No câmpus Betim são disponibilizadas 150 vagas, entre elas, para os cursos técnicos a distância, com duração de dois anos, em Análises Químicas, Mecânica e em Informática para internet, em um total de 50 vagas para cada curso. Já os cursos técnicos subsequentes à distância contam com práticas laboratoriais, seminários e atividades avaliativas realizadas na forma presencial aos sábados.

 

 

Fonte: Folha Vale do Paraopeba

Outras Notícias

PUBLICIDADE