Clique aqui para acessar o site da Revista Mineração.

 

NOTÍCIAS
Folha Vale do Paraopeba

Vereadores debatem a realidade dos movimentos sociais e transporte público

Audiências Públicas promovidas pela Câmara Municipal foram realizadas nos dias 26 e 23 de novembro

Os vereadores têm realizado audiências públicas para debater temas da municipalidade em Betim. Na última quinta-feira, 26, a bancada petista formada pelos vereadores Antônio Carlos, Daniel Costa e Eutair Antônio dos Santos, realizou a Audiência Pública para discutir o panorama dos movimentos sociais na cidade. Os parlamentares enfatizaram a necessidade de a sociedade debater os graves problemas enfrentados pelo município sob a ótica dos movimentos sociais e a sociedade civil organizada.

Um dos temas mais abordados durante a Audiência foi a violência que atinge Betim de maneira avassaladora, ceifando principalmente a vida dos jovens. Em termos gerais, a cidade ostenta a triste marca de ser a quinta em que mais ocorrem homicídios no Brasil, de acordo com dados apresentados por Eutair Santos. 

A Articulação dos Movimentos Sociais de Betim, representada pelo frei Felipe Marcelino e por Maria do Carmo Araújo, apresentou algumas demandas ao Poder Público betinense. Os movimentos pedem mais diálogo por parte dos poderes Executivo e Legislativo, com a criação de espaços e da participação popular nas decisões relativas à cidade.

Outra solicitação feita pelos participantes foi pela transparência nas ações dos políticos, com o cumprimento do Plano de Metas, Plano Orçamentário e Plano Diretor do Município. Mais Transparência nos gastos públicos e na destinação dos impostos pagos e pela criação de mecanismos de controle e informação para a população; e a melhoria constante dos serviços públicos voltados para educação, saúde, transporte, saneamento, habitação, segurança.

Também participaram do debate os representantes do Sind-UTE, Sind-Saúde, Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra, Pastoral da Juventude, União da Juventude Socialista (UJS) e dos movimentos de ocupação de Betim.

Transporte Público

No último dia 23, segunda-feira, foi a vez dos parlamentares discutirem um dos gargalos sociais de Betim, a oferta de transporte público. O evento foi solicitado novamente pelo vereador  Eutair Antônio dos Santos (PT), que coordenou os trabalhos, e também por Klebinho Rezende (PTB), que presidiu a sessão. As reclamações apresentadas pelos participantes do encontro foram com relação às dificuldades do sistema local, sobretudo quanto à deficiência existente no deslocamento para Belo Horizonte, e a urgente necessidade da implantação de uma linha de metrô até Contagem.

“O deslocamento para a capital e para as cidades vizinhas é um problema sério que é enfrentado todos os dias pelos betinenses. A solução para isso passa pelo transporte púbico de qualidade, pois o uso de carros particulares não é a saída. Precisamos encontrar soluções que possam integrar o transporte metropolitano e melhorar o serviço prestado aos usuários”, enfatizou Eutair.

Para o subsecretário de Estado de Regulação de Transportes, Renato Ribeiro, a atual rede de transporte é precária, sendo urgente a necessidade de integrar o municipal com o metropolitano, o que vai gerar ganho de produtividade e ganho de qualidade. “Temos de promover a integração dos sistemas e cuidar para que os corredores não fiquem saturados”, afirmou.

A criação da linha 4 do metrô, que ligaria Contagem a Betim, foi debatida durante a audiência, mas nenhuma solução, proposta ou horizonte para uma resposta foram apresentados pelos representantes do diretor de Projetos e Obras da Metrominas, Djaniro Silva, que frisou a complexidade e morosidade desse tipo de obra. “Em termos operacionais, precisamos levar em conta os meios físico, biótico e socioeconômico para escolher a melhor opção de transporte sobre trilhos, se metrô, VLT ou outra modalidade”, disse.

Colaboração: Assessoria de Imprensa Câmara de Betim 

Fonte: Câmara Municipal de Betim

Outras Notícias

PUBLICIDADE